Meus Livros

BIOGRAFIA

LunA Daimon, desde pequena se interessou por poesias e arte.
 Nasceu no Inverno de 1988 no estado de São Paulo.

Toda vida foi apaixonada pela mente e sentimentos humanos.

Levando-a num estudo profundo através das Artes Ocultas e Ciências Exatas.

 Escritora, poetisa, astróloga, criadora do blog Templo do Pensar Soturno, Formada em Master Reiki Usui e Tibetano, Terapeuta Holística e  grande pesquisadora.

 Através de seus versos ela expressa tudo que vivenciou em sua vida e tudo que observou e pode sentir na vida das pessoas. A inspiração está em suas emoções plenamente dramatizadas e transformadas em metáforas.Tornando assim a obra quase que viva. Todos que lêem suas obras conseguem sentir os sentimentos que ali foram depositados.

Inspirada na Subcultura Gótica dando assim um toque Decadentista  e elegante em suas obras.

LunA Daimon trabalha com terapias holísticas, reikiana, estudante de astrologia, taróloga.

Lançou 2 livros: Poesias Soturnas (2009)Versos Negros Alma Branca (2010). Atualmente se encontra escrevendo mais 2 livros. Continuação de poemas e poesias e um novo tema de auto-conhecimento.




VEJA SEUS LIVROS Á VENDA:


1° Livro:




Nestas páginas se encontram Almas em versos que expressam a beleza obscura.
Convido você a conhecer um mundo de melancolia, porém, repleto de conhecimento e grandes lições, que não apenas eu, mas que centenas de pessoas vivenciam todos os dias.
Sentimentos de alegria e de tristeza, todos mesclados dando origem a esta bela arte.
Deixo aqui uma frase que criei: Tudo se faz necessário: Cegar-se pela luz e aprender a enxergar na escuridão. (LunA Daimon)





2° Livro:




Os sentimentos se misturam nos versos profundos numa dança perfeita entre a Luz e a Escuridão. Através da tinta preta um grande acontecimento ocorre - o desabafo, o alívio. Após noites inteiras de guerras sentimentais, pensamentos voando de um lado ao outro, gritando. Tudo se silencia para mais uma vez poder encontrar um canto de paz. Nestas páginas existem vidas! Sentimentos que muitos não conseguem descrever, transformados em metáforas acrescentadas com fragmentos de drama. Dramas reais? Não. Lições aprendidas reais! Através dos sentimentos mais impactantes que vivenciamos todos os dias, podemos no fim do túnel olhar para trás mais uma vez e dizer: Aprendi que tudo pode passar! Mesmo em dias cinzentos ou em noites obscuras, sempre haverá um ponto de luz aguardando ser visto por nós. Cabe a nós reconhecer que no meio de tantas tormentas, existe uma boa razão de ali estar! Convido a ti para adentrar nesses mundos desconhecidos e descobrir o que existe por trás da cortina negra. Carpe Noctem.

Seguidores

Receba em seu Email os novos Posts publicados aqui

Postagens Mais Procuradas